32017abr
Sinais de que o seu filho precisa de óculos

Sinais de que o seu filho precisa de óculos

Por vezes, é difícil identificar se seu filho precisa de óculos. As crianças nem sempre conseguem falar exatamente o que estão sentindo e isso dificulta bastante o diagnóstico e a percepção dos pais de que há algo errado. No entanto, pequenas características e demonstrações podem indicar que a criança está tendo algumas dificuldades para enxergar bem. Conheça quais são e saiba quando é hora de levar seu filho ao oftalmologista.

  1. Dores de cabeça frequentes

As dores de cabeça relacionadas a problemas de visão aparecem após atividades que exigem maior capacidade de foco e concentração. Após um dia de aula ou um longo período de brincadeiras em ambiente fechado, se a criança se queixar de dor de cabeça, é possível que seu filho precisa de óculos. A dor de cabeça nesses casos surge após o esforço feito para focar os objetos.

  1. Ficar muito próximo à televisão  

Mesmo que o tamanho das telas tenha aumentado consideravelmente nos últimos anos, se seu filho precisa de óculos, ele procurará estar cada vez mais perto da televisão. Apertar os olhos para focalizar a programação também pode ser um dos sintomas observados facilmente e pode vir ou não acompanhado de coceiras frequentes com o intuito de ajustar a visão.

  1. Andar de cabeça baixa

Em crianças com estrabismo ou hipermetropia, é comum observar a preferência por andar de cabeça baixa. A atitude chega a ser instintiva, pois buscam visualizar o caminho a fim de prevenir quedas e outros acidentes. Se notar este comportamento, é preciso averiguar se seu filho precisa de óculos.

  1. Tropeções e quedas frequentes

Outra característica comum ao estrábico é a incapacidade de enxergar com clareza certas coisas. Por isso, quedas, esbarrões e tropeços costumam ser frequentes. Por essa razão, também, é que o motivo acima citado aparece. Depois de cair algumas vezes, as crianças tendem a se prevenir olhando para o caminho e prestando atenção nos passos.

  1. Coçar os olhos e lacrimejar constantes

Outro sinal de problemas refrativos é o ato de coçar os olhos, que pode vir acompanhado ou não de lacrimejamento. Além de ser um sinal recorrente de fadiga ocular, a coceira pode estar relacionada à conjuntivite ou alergias. Caso a criança já tenha alguma predisposição para o ceratocone, o processo de manifestação dessa condição pode ser acelerado.

  1. Sensibilidade à luz

A sensibilidade à luz pode estar relacionada à extropia, que também é um tipo de estrabismo. Porém, este quadro pode se manifestar por conta de outras condições e problemas refrativos. É preciso investigar a fotossensibilidade como um sintoma dentre muitos e associar quais são as outras queixas da criança.

O que fazer se seu filho precisa de óculos?

Depois de notar algum desses comportamentos em seu filho, é bem provável que ele precise de óculos e já passa da hora de procurar um oftalmologista para desvendar a condição e receitar as lentes corretivas. O diagnóstico só pode ser feito durante a consulta, por isso, não demore a procurar ajuda. Durante a consulta, relate ao médico tudo o que observa em seu filho diariamente e estimule a criança a falar o que sente. Após descoberto o problema, o uso dos óculos corrige a condição e a criança não irá mais demonstrar os sintomas.

Fonte: http://blog.hospitaldeolhos.net/index.php/6-sinais-de-que-o-seu-filho-precisa-de-oculos/




Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios *